terça-feira, 16 de junho de 2009

SENTIMENTOS, NEM SEMPRE NOSSOS...

Acho que todos aqui já ouviram falar de consciente coletivo... pois é, muitas vezes sentimos coisas que nem sabemos porque sentimos. Pois é, apresento-lhes o consciente coletivo!

É algo como aquela sensação ruim, triste ou alegre que nos acomete sem mais nem menos, do nado, e de repente, sentimos a vontade de chorar, rir ou se desesperar.

As energias, sentimentos, vibram em sintonias que vão muito além dos nossos olhos e ouvidos, e transmitem nossos sentimentos aos outros. Muitas vezes, aqueles que são mais sensíveis é que conseguem captar essa energia. Mas, mesmo os mais duros, aqueles que estão mais céticos também conseguem captar essas energias.

O porque elas acontecem, dá para montar uma tese... o mais importante, é sabermos definir quando são nossos sentimentos e quando estamos captando o consciênte coletivo. O por quê?

Porque já é difícil lidarmos com nós mesmos, imagine, com os demais.

Importante é fazer a primeira pergunta: esse sentimento é meu? Estou passando por algo que implique nesse tipo de sentimento? Se não, aprenda a se libertar disso.

Imagine uma luz branca, uma fumaça branca envolvendo seu ser, algo como vc de olhos fechados enxergando você mesma(o) numa nuvem branca, limpa, com um ar gelado em volta. Logo em seguida, imagine uma luz violeta em volta de você.

Pronto, sinta seus próprios desejos e transcede-os, se for capaz!

Um comentário:

Ariane Mazza disse...

Saudade da minha reikiana favorita =]

 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.